terça-feira, 26 de novembro de 2013

CASAS DE MADEIRA RESISTENTES A SISMOS


As casas de madeira são mais resistentes a sismos



Estudo revela que construção em madeira tem uma resistência muito elevada a fortes sismos.


Os edifícios em madeira são muito resistentes a sismos. Esta afirmação resulta de um estudo realizado em Portugal, sendo o maior já realizado sobre construções com este tipo de material.


casa em madeira clt

As casas de madeira revelaram-se como anti-sísmicas. Nem um sismo com a intensidade máxima provocou danos na estrutura de madeira maciça.


Jorge Branco, do Departamento de Engenharia Civil da Universidade do Minho, explica:

"Ao compararmos, ao fazermos o rácio de resistência e peso, a madeira supera o aço e o betão. É um material que, para além de ser leve, consegue acompanhar os movimentos induzidos pelo sismo e voltar à sua posição inicial."

As casas do estudo em questão mantiveram-se intactas, não sofreram qualquer tipo de dano, nem exterior nem interiormente.

A opção é, por estas e por outras razões, defendida pelos especialistas, mas tem alguns entraves, sobretudo em países como Portugal.

Jorge Branco afirma: "O custo pode ser uma limitação mas não é esse o grande entrave. Eu acho que o grande entrave é o aspecto cultural. É a sociedade aceitar ou não habitar numa construção de madeira. Este tipo de casa e construção é vulgar na Europa Central e do Norte. Por exemplo, em Londres, existe um edifício em CLT (Cross Laminated Timber) de oito pisos."

O teste, que envolveu a Universidade do Minho e outras instituições e empresas europeias, foi realizado no Laboratório Nacional de Engenharia Civil, um dos poucos da Europa onde é possível fazer um ensaio desta dimensão.

Está agora a ser preparado outro estudo em colaboração com uma empresa finlandesa, para perceber o comportamento de uma construção em madeira após um terramoto.


(clique na imagem para aumentar)
construçao em madeira clt

construçao com madeira clt

interior de casa de madeira clt

interior de casa de madeira

casa de madeira clt


Fonte e vídeo completo da notícia:
www.rtp.pt

Sem comentários: