segunda-feira, 23 de março de 2015

FINANCIAMENTO

Conseguir financiamento para uma casa pré-fabricada, modular ou de madeira, em Portugal, nem sempre é simples. Isto devido a múltiplas razões, entre as quais:

  • Não são vistas como uma solução real pelos bancos
  • Os bancos não estão sequer familiarizados com o conceito
  • Existe um estigma social, em grande parte causado por essa falta de conhecimento e devido a desenhos utilizados no passado - que, de facto, já foram autênticas caixas de cartão. Os métodos actuais conseguiram, em parte, acabar com este estigma, embora ele ainda prevaleça em certos bancos e dentro desses bancos, com os próprios bancários, muitas vezes ignorantes sobre as políticas do próprio banco.

Ainda assim, existem bancos que possuem créditos “quase normais” para este tipo de casas.


Os Bancos que se seguem não possuem informações online especificas. Aconselhamos a contactar cada um:

Millenium BCP
Novo Banco
Banif
Barclays
Banco Popular
Montepio
BBVA
BPI
Santander Totta
Crédito Agrícola



Conhece as condições de um determinado banco?
Já procedeu a um financiamento?

Fale-nos da sua experiência! Deixe o seu comentário, abaixo!

14 comentários:

Telmo disse...

boa noite, ando interessado em fazer uma casa de madeira ou das modulares, o primeiro banco onde me dirigi foi o BES que faz financianeto no prazo maximo de 10 anos e com uma taxa de juro como sendo pra um anexo ou garagem que é 10x superior a um emprestimo para habitação ;(

Administrador disse...

Caro Telmo,

Agradecemos desde já o seu comentário.

Infelizmente, a banca portuguesa ainda tem muito para aprender sobre este tipo de construção. :(
Ainda assim, se foi o primeiro banco onde se dirigiu, não desista!
Procure outros bancos que o possam ajudar. Sugerimos que visite o link acima mencionado, que irá dar a uma página da CGD, com crédito especial para este tipo de construção.
Pedimos a Va. Exa. que retorne para nos deixar o seu testemunho acerca de outros bancos. Nós e os internautas que procuram financiamento, agradecemos.

Obrigado pela sua visita.

Os melhores cumprimentos,
A equipa de casasprefab.blogspot.com

Anónimo disse...

Sobre a questão do financiamento do terreno e da casa pre-fabr. consultei/pedi a alguns bancos informações, eis uma delas:

'...confirmamos a comercialização por parte do Banco do Crédito Terreno com um prazo até 2 anos para iniciar a construção da sua nova casa, para que possa tratar com tranquilidade de todos aspectos necessários para o início da construção da habitação. Durante este prazo existe carência de capital, sendo as prestações mensais do empréstimo apenas compostas por juros, e tendo uma taxa de juro muito atractiva.
A amortização do empréstimo ocorre no final do prazo ou na data da escritura da sua casa. O montante a financiar para a construção da sua nova casa poderá incluir o financiamento do terreno.

No que diz respeito ao financiamento de casas pré-fabricadas, informamos que o mesmo se rege pelas condições do crédito habitação normal. Assim, para consultar os produtos comercializados pelo Banco, sugerimos a consulta a http://www.santandertotta.pt/pagina/content/0,1792,1101_26814_1_1_1062_4_0,00.html'

Da parte da CGD o empréstimo é a 80% do valor da casa.
Da parte do BES a informação é igual à do sr. Telmo.


Vítor Hugo

Anónimo disse...

Na demanda dos pedidos de crédito para casas e terreno obtive mais uma informação, desta do BPI, que não agradará a nenhum interessado:
para um não cliente é necessário ter conta à ordem, domiciliação do ordenado e pagamentos de faturas, 1 PPR e 1 seguro de vida e equivale a um crédito pessoal, ou seja, no máximo a 120 meses, c/ um spread de 8,7%, Taeg de 14,5% e c/ seguro de risco; conclusão é muito caro: para uma casa e terreno de 50.000€ a mensalidade é de 780,00€.

Marcelo disse...

Boa tarde!!! Tenho algumas dúvidas se puderem me esclarecer ficaria agradecido!!!
Primeiro gostaria de saber se a Caixa Economica aprova o financiamento para contrução de casas prefábricadas?
E eu posso fazer o projeto com qulquer engenheiro ou precisa ser um engenheiro especializado neste tipo de contrução?
Desde já agradeço a atenção e parabéns pelo trabalho inovador que tem sido apresentado neste site!!

ze disse...

Boa tarde... Tb lamento informar mas o Millenium BCP também não facilita os créditos para casas de madeira, mesmo sendo eu um cliente antigo e com uma série de aplicações e seguros associados. É triste viver num país consignado ao betão.

Anónimo disse...

Bom dia

Venho deixar o meu testemunho, pois estou no final do processo de licenciamento da casa de madeira e o BPI foi o unico banco que aceitou financiar a habitação.

Como o processo levou 2 anos, hoje as condições são diferentes:

1. Por ser uma casa de madeira, o terreno passou a valer 11,00/m2.
2. Por ser uma casa de madeira, não sabem se a seguradora com quem trabalham faz seguro multi-riscos.
3. Por ser uma casa em madeira, não sabem se vão aceitar uma segunda hipoteca mediante a licença de habitação para fazer face às despesas que vou ter.

Tudo porque vêem a casa de madeira como um risco para os seus investimentos.

Enfim, isto é apenas um desabafo de alguém que tem vergonha de viver num país tão tacanho e que não veja uma casa de madeira como os países desenvolvidos vêem. Andamos sempre a reboque e é uma tristeza sermos penalizados por procurar uma solução de qualidade superior ao que está instituído (leia-se betão).

sergio miranda disse...

sera possivel negoçiar formas de pagamento com a empresa construtora?

cris_firewoman disse...

Boa tarde, ja vi que estão com o mesmo problema que eu mas eu ainda estou no inicio pedindo orçamentos a empresas de contrução de casas de madeira, e umas delas faz financiamentos, www.novohatitat.com, assim que saiba algo mais direi.

Charbonnade da Rainha disse...

Boa Tarde,
Tenho terreno, e gostaria de construir lá uma casa de madeira, mas não sei nada sobre o assunto, ando a ler.. É assim tão complicado conseguir financiamento?
Têm noção dos preços praticados. Gostaria de construir um T3. Obrigada

Anónimo disse...

NovoHabitat, nao financia. Deve ser por isso que a Cris, ate hoje, ainda nao disse mais nada.
A mim, o Novohabitat, empurrou-me para os bancos, nomeadamente, a CGD. Mas estes, nao estao preparados para este efeito. Fui desaconselhado no Balcao.

Anónimo disse...

Boa noite a todos,
Parabéns aos participantes deste blog pois foi até agora o único que encontrei que se dedicou a este assunto.
Depois de ler o que aqui foi escrito decidi pesquisar e dei com um outro site que afirma que os Bancos financiam as casa deles.
Honestamente nao posso investigar porque moro em Inglaterra e comecei á dias a ponderar sobre esta ideia.

O site chama-se : casas de madeira.com ou rusticasa.pt ( vai dar ao mesmo ) e o endereco é :

[ Address: Zona Industrial Pólo 1, Campos, 4920-909 Vila Nova de Cerveira, Portugal

Phone:+351 251 700 900 ]


No inicio da página deste site vao encontrar nomes de varias páginas sendo a última "SABER MAIS " clike e vao encontrar as perguntas mais frequentes onde podem ver ...

"É possível recorrer ao crédito bancário?

Todas as entidades bancárias já financiaram habitações da Rusticasa®, mesmo se por vezes o desconhecimento leva a que se obtenha a informação contrária. Tratando-se de uma habitação que cumpre todas as normas e regulamentos em vigor em Portugal e na Europa, o clássico crédito habitação é o produto financeiro mais adequado."


Reafirmo : nao investiguei esta informacao, mas espero que ajude alguém e já agora se alguém for bem sucedido que dé o seu testemunho. Obrigada.

Unknown disse...

Boa noite, a 12 anos gostava de ter construído uma casa de madeira e não fui bem sucedido pois não consegui financiamento . Estes dias vi uma casa em fase de acabamento e fui informar me;

O santander financiou a construção e a caixa agrícola também financiava embora com valores mais elevados...

Hoje fui ao santander e embora pedindo uma série de documentos não puseram qualquer problema.

Unknown disse...

Boa noite, a 12 anos gostava de ter construído uma casa de madeira e não fui bem sucedido pois não consegui financiamento . Estes dias vi uma casa em fase de acabamento e fui informar me;

O santander financiou a construção e a caixa agrícola também financiava embora com valores mais elevados...

Hoje fui ao santander e embora pedindo uma série de documentos não puseram qualquer problema.